Melhor vacina é não parar por ela

Por revista piauí e da Rádio Novelo

“Podcast sobre o que a ciência está descobrindo a respeito da pandemia de Covid-19. Professor titular de bioquímica da Universidade de São Paulo, Fernando Reinach é o cientista residente do programa. Ele traduz didaticamente os mais recentes estudos científicos que vão ajudar a planejar a saída da quarentena. Sem dia nem hora fixos, os episódios são distribuídos pelo menos duas vezes por semana no canal do Foro de Teresina. O Luz no fim da quarentena é uma coprodução da revista piauí e da Rádio Novelo.”

“O imunologista Thiago Carvalho conta quais são as três vacinas mais promissoras contra o SARS-Cov-2, o que esperar de cada uma e quanto tempo ainda devem demorar”

Luz no fim da quarentena #14: Melhor vacina é não parar por ela

Revista piauí  . #14: Melhor vacina é não parar por ela. Disponível em:  https://piaui.folha.uol.com.br/radio-piaui/luz-no-fim-da-quarentena/?utm_source=pushnews&utm_medium=pushnotification

Quem foi que disse: Sobre Carlos Chagas e seu Legado (Parte I)

Dirigido e produzido pelo Professor Luiz Andrade, Laboratório de Audiovisual Científico da UFF, o filme é uma homenagem ao grande cientista brasileiro Carlos Chagas, pela sua inestimável contribuição à humanidade, uma apologia ao Sistema Único de Saúde , SUS, para que este seja mantido e aprimorado, uma comemoração pelo 14 de abril, data aprovada pela OMS como o dia mundial das pessoas acometidas pela Doença de Chagas.

PAISAGEM CONCEITUAL: CONSTRUÇÃO TEÓRICA E SUA UTILIZAÇÃO NA EDUCAÇÃO

São inúmeras as teorias formuladas por diferentes escolas filosóficas, desde a antiguidade, com vistas a explicar a gênese, a produção, o significado e a utilização dos conceitos na linguagem cotidiana e de seu uso mais particular na filosofia, na arte, na ciência e na educação (ABBAGNAMO, 2007). No entanto, nenhuma teoria foi capaz de dar conta das formas tão diversas conforme os conceitos são utilizados nos diferentes sistemas de conhecimento (VUILLEMIN, 1997).

Ainda que não tenhamos a pretensão de construir e propor uma teoria sobre conceito, decidimos aprofundar nossa compreensão sobre o significado e uso deste termo por considerá-lo, de um lado, abstrato, polissêmico e de difícil entendimento mas, por outro, de fundamental importância para a construção e a socialização do conhecimento em todas as áreas do saber humano, ressaltando, assim, o seu uso indispensável na educação.

O conceito, enquanto termo linguístico, está logicamente vinculado à linguagem pelo simples fato de que toda distinção e nomeação são feitas por um ou mais observadores – na linguagem. Logo, quando distinguimos os sentidos do termo “conceito” vis-à-vis de outros termos com significados parecidos – noção, ideia, definição – mas distintos, o fazemos na condição de observadores, ou seja, na linguagem. Retorna-se à linguagem quando constatamos, através de nossas distinções, que os conceitos são objetos mentais e produtos do discurso, portanto, se encontram inseridos no domínio da linguagem (EICHEVERRIA, 1994).

Disponível em: http://revistaleph.uff.br/index.php/REVISTALEPH/article/view/857/523

Prêmio Nobel fala sobre as mulheres na ciência.

Christiane Nusslein-Volhard, Prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia, 1995, fala sobre as mulheres na ciência. Esta entrevista, concedida ao Laboratorio de Audiovisual Cientifico da UFF – labaciencias.com – foi realizada por Natalia Feitosa e Luiz Andrade em 11/09/2018, durante o Congresso Internacional de Genética em Foz do Iguaçu, Brasil. A tradução e a legenda em português foi realizada por Daniel Miranda. Vide link https://vimeo.com/291009774