Cineasta, youtuber e cientista mirim

Foi com muita alegria que recebi, do cineasta e youtuber mirim Pepe Galupo Nascimento, 5 anos, residente em Vespasiano, MG, mais um comentário crítico sobre o nosso minifilme “Quem foi que disse: Covidilópolis” Pepe, com inteligência e criatividade, terminaria o filme com o apoio do Corpo de Bombeiros. Eu, Luiz Andrade – roteirista e diretor do referido minifilme – infelizmente não pensei nisto.

Melhor vacina é não parar por ela

Por revista piauí e da Rádio Novelo

“Podcast sobre o que a ciência está descobrindo a respeito da pandemia de Covid-19. Professor titular de bioquímica da Universidade de São Paulo, Fernando Reinach é o cientista residente do programa. Ele traduz didaticamente os mais recentes estudos científicos que vão ajudar a planejar a saída da quarentena. Sem dia nem hora fixos, os episódios são distribuídos pelo menos duas vezes por semana no canal do Foro de Teresina. O Luz no fim da quarentena é uma coprodução da revista piauí e da Rádio Novelo.”

“O imunologista Thiago Carvalho conta quais são as três vacinas mais promissoras contra o SARS-Cov-2, o que esperar de cada uma e quanto tempo ainda devem demorar”

Luz no fim da quarentena #14: Melhor vacina é não parar por ela

Revista piauí  . #14: Melhor vacina é não parar por ela. Disponível em:  https://piaui.folha.uol.com.br/radio-piaui/luz-no-fim-da-quarentena/?utm_source=pushnews&utm_medium=pushnotification

Orquestrando Saúde

Dirigido e produzido pelo professor Luiz Andrade, “Orquestrando Saúde” utiliza-se da voz do grande compositor baiano Elomar Figueira Mello para, em diálogo com as populações e os territórios negligenciados, dar-lhes vóz e visibilidade. Considerando que a doença é a perda da harmonia do corpo, orquestrando saúde é uma das formas de atuar no mundo para reencontrá-la.

Quem foi que disse: Sobre Carlos Chagas e seu Legado (Parte I)

Dirigido e produzido pelo Professor Luiz Andrade, Laboratório de Audiovisual Científico da UFF, o filme é uma homenagem ao grande cientista brasileiro Carlos Chagas, pela sua inestimável contribuição à humanidade, uma apologia ao Sistema Único de Saúde , SUS, para que este seja mantido e aprimorado, uma comemoração pelo 14 de abril, data aprovada pela OMS como o dia mundial das pessoas acometidas pela Doença de Chagas.